quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Natal na Escola

Hoje foi a festa de Natal do Levi.
Foi bem legal... Eles cantaram umas músicas natalinas e depois fomos todos para a sala fazer uma atividade em conjunto.
Cada família fez dois bonequinhos: um veio para casa e o outro vai ser doado no hospital da criança.
Seguem as fotos e vídeos.
Também filmei a caminhada embaixo de neve até o carro.







terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Flames e segunda visita e orgulho!

Não ia demorar... Sou um grande fã de esportes e mais dia menos dia um dos esportes locais acabaria me pegando...
Virei um grande fã de hockey... excelente jogo... dinâmico...
Já consigo entender sobre as linhas de ataque e defesa, icing e offsides...
Ao me envolver com o jogo com certeza apareceria um time preferido. Calgary Flames... tenho a tabelinha e assisto todos os jogos que são transmitidos... Identifico os jogadores, sei sua posições e já tenho meus preferidos.
Ou seja, já sou um torcedor ativo, as pessoas do trabalho já puxam conversa comigo sobre os jogos, palpito nas escalações e já xingo todos os meus palavrões assistindo o jogo!
Nesse momento escrevo no intervalo do jogo contra o Tampa Bay Lightning!
Go Flames go!
**************************
Dia 17 chegam na cidade para uma visita meu grande amigo Inácio, Lívia e a pequena Lalá. Ficam até o dia 30.
No dia 25 chega o irmão do Inácio, João Paulo! Fica até o dia 5.
Engraçado que apesar de serem meu melhores amigos, nunca tivemos a oportunidade de passar um Natal juntos. Sabe como é... na noite de Natal tínhamos que ir na casa daquele monte de núcleos familiares... Avós, pais e etcs...
Vai ser massa!
**************************
Já teve a festa de Natal do meu trabalho. Foi bem tradicional. Lidiana chegou a conclusão que a mulherada do Brasil-il-il se veste melhor.
O melhor foi ver ela toda desenrolada falando inglês... Muito orgulho!
Nos divertimos!

sábado, 27 de novembro de 2010

Sentimentalistas

Há algum tempo o Alexei escreveu esse post sobre a filha dele. Além do maravilhoso desenvolvimento da Lara, me chamou antenção a emoção que ele sentiu no momento.

Não consegui parar de pensar nisso... como as emoções ficam à flor da pele aqui. Imediatamente comecei a procurar uma explicação... Fiquei com medo que essa situação entre no rol das perguntas sem respostas. Junto com outra pergunta: "Por que vcs imigraram?". Toda vez que respondo essa pergunta, sai alguma coisa sem sentido e pouco convincente, que demonstra que não sei o que me trouxe até aqui...

Voltando as emoções... minha primeira explicação foi que poderíamos estar sobre o efeito da saudade. Descartei essa possibilidade rapidamente, pois essa sentimento que nos aflora não nos remete ao vazio e melancolia que acompanham a saudade. Claro que sinto saudade da família e amigos, mas (ainda) não é o sentimento que me faria sair do meu centro, que não é tão central assim.

Talvez o sentimentalismo venha da descoberta do novo. A primeira vez que comecei a descobrir o novo não me deixou nenhuma recordação viva. Tinha algumas horas de vida e o ar tinha acabado de entrar nos pulmões. Desse momento em diante minhas descobertas foram diluídas em 32 anos de vida até 2009.

No momento que coloquei os pés no Canadá e o novo ar invadiu os pulmões, as descobertas foram de 0 à 100 em 14 meses. O que é devagar, mas pode ser rápido dependendo do referencial. Entre aprender a falar e tirar a carteira não se passaram 18 anos, mas alguns meses... Acho que isso deixa os poros mais abertos.

Mas, posso estar errado de novo. Talvez esse negócio de tantar examinar o sentimento não seja uma boa... Sentir com inteligência e pensar com emoção, não fazem parte do meu ser. Não consigo ser um coração e um cardiologista ao mesmo tempo. Meu instinto extremamente emocional teve que aprender um sistema de pensamentos lógicos e racionais. Fruto de um treinamento que veio do lado profissional de quem tem que pensar em causa e consequencia, 0 ou 1, branco ou preto. Entretanto, os dois lado não convivem em harmonia e o cinza não é possível. Então, o que começa lógico, com matrizes e planilhas, podem passar por um chute no balde, no pau da barraca e em qualquer coisa que passe na frente, até voltar ao fechamento quase sempre lógico, mas com o pé quebrado.

Dessa forma, um simples caminho reto, dentro do ônibus... pode se transformar em lágrimas. Basta ter a combinação correta de cores de um nascer de sol e uma música ouvida no IPod.

Talvez a personalidade seja a resposta... ou talvez seja só esquizofrenia mesmo.

Tenho pena de você que está lendo isso e a essa altura já deve ter percebido que não vou conseguir responder coisa nenhuma. Estranhos caminhos que um teclado pode nos levar.

Porém tenho uma certeza... não quero que emoção vá embora. Dessa forma podemos continuar vivendo "além do mito que limita o infinito" e "além do dia-a-dia que esvazia a fantasia".

Desculpem se o posto ficou um pouco pessoal... Talvez ele devesse ser transplantado para o outro blog.
Desculpem se o post ficou impossível de entender... Talvez ele não devesse ter sido escrito.

Fico aqui na esquina entre a sala de espera, e sala de cirurgia, lugar silencioso para entender o movimento.

... e sem saber quem escreveu o post: o coração ou o cardiologista.

vou ficando por aqui e pedindo desculpas ao Humberto Gessinger e deixando um abraço ao russo-brasileiro-quebecois Alexei.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Segundo lugar mais frio...

Nesse exato momento ( veja data e hora do post ) Calgary é a segunda cidade mais fria do mundo ( clique na imagem abaixo ).
Eu estou no trabalho, a Lidy no supermercado e o Levi na escola... a vida continua.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Ah... o inverno

Tempo de tomar um banho por dia e olhe lá. E ainda ter o cuidado de não encostar a bunda na parede fria do box.
Tempo de levar choque ao encostar em qualquer coisa... Viva ou inanimada.
Tempo de virar uma mocinha e passar batom para não resecar os lábios, pomadinha para não resecar o nariz e hidrante na minha pele macia de elefante grávido. Mais ou menos 1,5l na minha barriguinha de pilão.
Tempo de luvas e gorro.
Tempo em que a Lidiana fica se coçando para comprar todas as botas que vê nas lojas.
Tempo em que o Levi enterra a perna inteira na neve, causando desespero na mãe e risadas no pai.
Tempo de fazer boneco de neve.
Tempo de esquiar e patinar.
Tempo de ver a neve caindo delicadamente na janela e ficar maravilhado!
Tempo de às vezes ver a neve caindo com força causando congestionamentos na cidade.
Tempo de dirigir com cuidado para não deixar o carro deslizar.
Tempo de andar com cuidado para não deixar o pé deslizar e a bunda doída.
Tempo de festas de fim-de-ano.
Tempo de ver a fumaça saindo da boca quando falamos.
Tempo que levar o lixo para fora, se torna uma tarefa realmente chata.
Tempo de usar a +15
Tempo de sair de casa no escuro e voltar no escuro, mesmo saindo do trabalho às 16:40.

Eu fico na esquina entre a beleza da neve e a chateação do trânsito. Lugar confortável para apreciar o inverno e suas belezas.

Tempestade de Neve

Existe uma grande diferença entre nevar e cair uma tempestade de neve.
Essa noite caiu uma tempestade... entre 10 e 15cm de neve. Calgary sofre quando tem tempestade. Sorte que aqui não é como no leste e nevascas como essa não são frequentes como lá.

Resultado: caos total.

40 minutos esperando o ônibus... meia hora depois ele tinha andado 2 quarteirões. Atolou no outro ponto. Voltei para casa andando (ladeira acima) e vou esperar o trânsito dar uma melhorada para ir trabalhar de novo... dessa vez de carro.

Bom para o resto da semana a previsão é de 1cm de neve... nada que vá atrapalhar demais a vida das pessoas...

No mais a cidade está bonita... toda branquinha...

Sim, pode haver beleza no caos!

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

"A borboleta bate as asas...

... e o vento vira violência"
Humberto Gessinger

Ordem no caos... eis a sequência de acontecimentos...

Tive que trabalhar até mais tarde. Por causa disso, cheguei tarde em casa e tive que deixar a Lidy na aula de inglês. Devido a mundança de rotina, esqueci de entregar a ela o passe de ônibus. Consequencia: tive que buscar a Lidy na aula. Ao sair de casa esqueci a carteira. Cheguei em frente ao local 5 minutos antes da Lidy sair e parei atrás de uma fila de carros.
De repente parou um carro branco de vidros escuros do lado. Era um carro de polícia disfarçado... tem muito aqui em Calgary. Depois falo mais sobre isso, para não fugir do tema!
O policial desceu e foi de carro em carro pedindo a carteira de motorista, a fila de carros estava em local proibido, não tinha visto isso. Então percebi que tinha esquecido a carteira em casa...

Consequencia final: 172,00 paus pelo local proibido e 172,00 porque estava sem carteira. Simples assim, sem espaço para qualquer argumentação.

Pronto, já comprei meu presente de natal!

P.S. e a Amanda ficou sem presente de aniversário!

sábado, 6 de novembro de 2010

Fim do horário de verão

Chega ao fim, na madrugada de hoje, o horário de verão canadense.
O Daylight Saving Time começa no segundo domingo de março e termina no primeiro domingo de novembro, também conhecido como amanhã.
Pois, bem...ao pessoal que nos procura por skype, estaremos agora com menos 5 horas do horário oficial do Brasil-il-il e menos 4 horas em relação à Fortaleza.

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Halloween 2010 - chegou no Brasil-il-il

O Halloween começou com a disputa entre o vampiro Serra e a bruxa Dilma lá no Brasil-il-il. Nunca na história desse país vi candidatos tão ruins. São variações do mesmo tema, a mesma coisa com sinal contrário. Enfim, ganhou a bruxa... Mas, seriam 4 anos perdidos qualquer que fosse o vencedor...

Por aqui, achei que o pessoal esse ano não caprichou tanto na decoração como ano passado. Passeamos pela mesma rua, e estava muito menos enfeitada. Mas, mesmo assim o Hulk aqui de casa pegou muitos doces!

Aqui estão as fotos...

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Férias... White Belly

Meu chefe veio na minha sala para perguntar o que eu ia fazer com meus 11 dias de férias que ainda tenho.

Perguntei se podia guardar para o próximo ano, ele disse que só posso levar uns 4 ou 5 dias...

Sinceramente, não estou acostumado com isso. No Brasil-il-il eu tirava férias, tipo, deixa ver... Nunca! E não achava ruim, pois era a realidade de uma empresa privada no país... não pode parar de pedalar...

Moral da história... marquei 6 dias no fim do ano e vou levar 5 para o próximo ano.

Pronto fiquei livre do meu chefe... Que nada... 15 minutos depois ele voltou dizendo que eu ainda tenho um dia de folga que preciso tirar em Novembro senão perco! O famoso Flex Day... rs...

Pronto tudo ajeitado... mas agora o povo está me sacaneando porque eu disse que tinha que ligar para a Lidiana para saber quais os dias que eu ia tirar de férias!

Pensei em explicar que eu sou White Belly, mas deixei pra lá....

domingo, 24 de outubro de 2010

Soccer and Kooza

Algumas novidades ilustradas...

Levi está jogando soccer... ou melhor, futebol mesmo. O nome do time: Calgary Rangers!

Além disso, semana passada fomos assistir ao Kooza, espetáculo do Cirque du Soleil. Fantástico. O que fico mais impressionado é o acesso que o povo tem a esse tipo de evento. Com poder aquisitivo melhor e preços mais baixos, é possível que a menina que cuida das plantas lá do trabalho consiga ir também.... Isso acho massa, distribuição de renda mais justa!

Mas, vamos as fotos e vídeos:

Futebol:




Kooza ( não podia bater foto dentro, então fica apenas as fotos da lembrança ):

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Weather Update

Cheguei no trabalho com uma chuva fina...

Mas, agora está nevando!

Sério... acho massa ficar vendo a neve caindo aqui de cima, da janela do trabalho.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Tempos e Temperaturas

Uma vez o prefeito Karlson comentou no blog dele sobre a variação de temperatura aqui em Calgary ou em Alberta como um todo.

Hoje é um bom exemplo. As fotos abaixo foram batidas agora à pouco, mais precisamente as 18.00h. Temperatura 22 graus. Bem gostoso. Amanhã de manhã existe uma pequena possibilidade de neve. Previsão de temperatura: 2 graus. Ou seja, em 12 horas a temperatura vai variar 20 graus! Incrível né?

Isso não é bom, nem ruim... é só uma curiosidade...

E sábado vai ficar entre -4 e 7. Mas, vai ter solzão.... e vamos ao Cirque du Soleil... mas aí é outra história!



Thanksgiving

Para não deixar passar em branco, no fim de semana passado foi o Thanksgiving canadense. Nosso segundo, aqui pelas terras do norte.

Tempo de agradecer tudo isso que estamos vivendo... e olha que temos muito a agradecer.

Sexta feira fomos ao jantar da igreja dos brasileiros. Muito legal. Papo e comida gostosa. Infelizmente esqueci a máquina.

Na segunda fomos convidados para um almoço na casa do Rafael e da Amanda. Muito gostoso... Adoro o casal supernatural!

Abaixo, foto do rango, do casal anfitrião e dos adultos à mesa ( incluindo os Carvalho ). Acredite ou não a última foto foi tirada pelo Levi.






sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Drumheller

Localizada à 140km de Calgary, Drumheller se auto proclama capital mundial dos dinossauros.
Realmente a cidade respira isso. Até pizzaria lá se chama Dino's pizza.

Fomos no domingo passado, para visitar o Royal Tyrrel Museum. O Levi curtiu mais ou menos, não é muito a dele ainda andar calmamente e contemplar alguma coisa. Eu achei bem legal.

O mais legal é saber que as ossadas e fósseis foram todas encontradas nas áreas.

Segue o álbum...

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Leitura Obrigatória...

Vamos lá...

* O prefeito de Calgary está de volta ao mundo dos blogs... Karlson está prometendo uma série de posts sobre saúde. Clique aqui.
* No Winter Wonderland tem um post completo sobre RESP. Estamos abrindo uma conta dessas para o Levi (outro dia explico melhor). Post importantíssimo para quem se preocupa com o futuro dos filhos. Clique aqui. E olha que a Paola nem chegou aqui ainda... Ô menina informada!

Por último 2 links enviados pelo Marcelo Pinheiro que não conheço pessoalmente, mas está aqui em Calgary há mais de 10 anos... Tema: Mercado de trabalho X Imigrantes.
Clique aqui e aqui.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Levi e Lidy nas escolas...

Para não deixar o blog abandonado...

Levi:
Levi está bem na escola... Bem até demais. Ficou de timeout 4 vezes, 2 porque estava gritando na hora errada, 1 porque estava correndo na hora errada e outra porque estava tirando meleca numa hora muito errada. Não sei se os motivos foram esses mesmos, pois o relator foi o próprio... ou seja pode ter algo fantasioso e criativo na conversa.
Os principais comparsas são um indiano e um canadense. Um grupo que dá bem a idéia de multiculturalismo...
Segundo a Lidy, os outros garotos dizem que o Levi é very funny. Ela disse que ele é metido a Zé Graça e fica fazendo careta para os outros rirem.
Na primeira reunião com a Mrs. Schimpf*, ela disse que está tudo bem e que vai acompanhar o progresso dele na língua. O único problema apresentado foi a perebice dele em recortar figuras. Não posso ajudar nisso... todos sabem que sou pereba também.

Lidy:
Lidy abandonou o blog... Mas, está estudando de segunda a quinta a noite. Já já vai saber mais gramática que eu... Nunca me preocupei muito em saber os "porques".
O progresso dela é visível! Acho que em mais um ano ela chega no nível máximo que é pago pelo governo.

Rapidinha:
Ontem, na aula da Lidy, quando deu 19:30h, um sujeito levantou, tirou o tapetinho, esticou no chão e começou a rezar virado para Meca. É que o sol está se pondo nesse horário e o cara precisava fazer a oração dele.
Sério, acho massa quando acontecem coisas como essa... Todos os dias temos a chance de aprender um pouco sobre culturas, países e costumes...

Definitivamente acho que um twitter para o blog seria legal...

* Nota do Autor: Mrs. Schimpf é o nome da professora do Levi. Toda vez que ouço o nome dela me lembro do personagem Sr. Mxyzptlk, inimigo dos super amigos. Ele aprontava para caramba e para faze-lo ir embora tinha que força-lo a dizer o nome ao contrário.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Utilidade pública...

Adicionei novos links para novos blogs na minha lista aí do lado esquerdo, ou direito, sempre me enrolo, mas é esquerdo mesmo.

Além de blogs de pessoas que estão aqui, tentei incluir vários outros da galera que está com o processo iniciando ou em andamento.

Espero contribuir para que essas pessoas que estão iniciando a caminhada possam trocar idéias e se ajudar.

Boa sorte galera... às vezes esse processo é um saco, mas na MINHA opinião a recompensa é ótima!

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Ah... o Outono!

Bom, o Outono simpaticamente resolveu devolver alguns dias que roubou do verão.
Tivemos um fim de semana quente e uma semana que promete! Hoje, 29 graus!
Estamos aproveitando os últimos suspiros de calor e por isso o blog ficou meio abandonado.

Aproveito para agradecer à todos que passaram na comemoração de 1 ano no Canadá! Pensei que só a família e amigos iam gostar do filme. Mas, apareceu um monte de gente que nem conhecia ainda. Achei legal!

Essa semana vi algumas imagens legais que mereciam serem vistas pelos que ainda estão no Brasil-il-il: um cara ensaiando flauta dentro do carro no sinal fechado, outro navegando na internet no ponto de ônibus (já pensou pegar um ônibus com o computador no Brasil-il-il ) e as folhas amarelas espalhadas pela cidade... Ando sempre com a câmera na mão... estou pensando em criar um twitter do blog para essas coisas... vou ver se dá certo!

Voltando ao Outono... ano passado já estávamos aqui no Outono, mas acho que os olhos de recém-chegados e as preocupações sobre o futuro não me deixaram curtir muito bem!

As folhas amarelas nas árvores refletindo a luz do sol... nossa... talvez essa seja a estação mais bonita... mas é difícil escolher uma...

A lua-de-mel continua...

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Ah o Verão... com neve

Sério... nevou no VERÃO...
Taí as fotos que não me deixam mentir...






Achei que tinha dormido 2 meses e acordado no Natal.


P.S. Hoje é aniversário do Levi. O post em homenagem a ele está aqui: Variações.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

1 ano...

Apesar do reloginho lá em cima estar um pouco doido, nesse dia 16 faz exatamente 1 ano que chegamos no Canadá... Em Calgary.

Não vou fazer um post imenso sobre tudo que aconteceu. Basta puxar as postagens antigas do blog. Acho que ficou tudo bem relatado.

Esse 1 ano é doido: parece que teve 712 meses, mas ao mesmo tempo passou voando! Um dia vou tentar entender melhor isso.

O post anterior a nossa viagem tinha um clip da música Depois da Curva, do Pouca Vogal. Hoje, a contra-capa que fecha o primeiro ano tem outro clip. Só que dessas vez nós somos os atores principais.

Obrigado à todos que nos ajudaram nesse ano. Citar nomes seria um perigo: poderia esquecer alguém.
Obrigado também aos que passaram pelo blog...

Que venha o ano II.

Assista em tela cheia e aumenta o som... ah e veja até o fim!

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Ah... o Verão

Antes de sair, fiz o que todos no Canadá fazem antes de sair de casa. Chequei a previsão do tempo.
Estava lá... 3 graus... drizzle.

Fiquei na dúvida o que raios era drizzle, mas como vi que mais tarde ia chover, vesti algo que me protegesse da chuva.

Decisão acertada. Drizzle é uma chuva muito fina, mas muito fina mesmo. Então a água não cai como na chuva. Fica meio pairando no ar. Como um spray.
A visibilidade estava horrível, acho que uns 50m.

Abaixo está a foto dessa linda manhã de VERÃO em Calgary. Fim de verão, mas ainda verão. Com fumacinha saindo da boca, mas verão.

Em tempo: todas as pessoas me dizem que o inverno ano passado foi mais ameno, mas que o verão desse ano está muito curto. Eu não me sinto no direito de reclamar do clima. Ainda enxergo vantagens muito maiores e o clima um preço muito baixo. Então para mim, o Verão está maravilhoso!

Mas, Levi, o adaptado, que se acha canadense, já tá reclamando.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Kindergarten - para Paola e demais

A Paola fez um comentário no post anterior. Como pensei que a dúvida dela pode ser a mesma de outros que tem filhos pequenos resolvi comentar em um post mesmo.

Vamos lá... um pouco antes de vir para o Canadá descobri que o Levi não teria direito de entrar na escola pública normal em 2009. A regra é: para entrar no Kindergarten, a criança deve ter completado 4 anos até março daquele ano. À grosso modo é como se a criança tivesse que ter por volta de 4 anos e meio em setembro, quando começam as aulas. Deixando claro, que se seu filho(a) chegar no meio do ano letivo, mas tiver idade para entrar na escola, não tem problema, ele(a) entra normalmente.

Caso seus filhos não se enquadrem na situação, deve recorrer a um daycare ou preschool. Ambos são pagos. Para quem não sabe o daycare é tipo uma creche. O preschool é mais parecido com escola, mas apenas 2 ou 3 dias na semana com curta duração ( por volta de 2 horas ) com valor por volta de 150 dólares.

O Levi no caso frequentou o preschool. Foi extremamente válido para brincar com outras crianças, sair um pouco de casa e dar o ponta pé inicial na questão da língua.

Esse ano ele entrou no kindergarten de uma escola pública. Ou seja, ele efetivamente iniciou sua carreira acadêmica... rs...

Nas ( poucas ) escolas que visitei, o kindergarten tem mais ou menos essa duração: entre 2,5 e 3 horas todos os dias da semana. Existem algumas ( poucas ) escolas que tem programa de kindergarten full-day para situações especiais (Veja link do Kindergarten mais abaixo.).

Caso queira se livrar dos pestinhas por mais tempo, quer dizer, ampliar a carga horária, você matricula os pequenos em um daycare. No nosso caso, como a Lidiana não trabalha e estuda à noite, optamos por não colocar o Levi no daycare. Questões financeiras inclusas, daycare é caro pra burro!

No próximo ano letivo, ele deve ir para o grade 1. Então, o horário muda e ele fica lá até as 3. Nesse ponto, o inglês da Lidy já vai estar nativo ( ela vai me bater depois ), ela vai procurar emprego e sair da vagabundagem ( mais uma surra aqui ).

Para saber mais sobre Kindergarten clica aqui.

Caso queira saber mais sobre tudo relacionado a educação clique aqui.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Kindergarten - day 1

Hoje foi o primeiro dia de aula do Levi.
Bati algumas fotos e fiz uma pequena filmagem.

Fotos do lado de fora e de dentro da escola.
Atenção... todas as fotos de dentro da escola foram tiradas na "salinha" do Levi.

Todo esse espaço, organização e recursos são apenas de uma sala!

É ou não é fantástico?



sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Smoke On the Water e outras fábulas

Ônibus quase cheio hoje de manhã.
As primeiras cadeiras são destinadas para pessoas com dificuldade de locomoção ou com crianças pequenas.
As outras pessoas podem ocupar essas cadeiras sem problemas e levantam se por acaso entrar alguém que precisa do lugar.
Entra uma velhinha. O rapaz se levanta e dar o lugar dele. A velhinha agradece e senta meio satisfeita e meio sem graça.
Sei lá porque fiquei observando a velhinha.
Chega a parada dela.
Quando ela vai sair, percebe que o sinal mais à frente está piscando, como se fosse fechar.
A véia não conta pipoca, desce do coletivo pulando, dribla umas 2 ou 3 pessoas, chega na esquina, salta o meio fio, corre igual ao Usain Bolt na faixa de pedestres e chega do outro lado antes do sinal de pedestres fechar!
Possivelmente assinalando um novo record mundial.
UFA!
Se um dia que eu entrar no ônibus e essa véia estiver sentada vou exigir que ela me dê o lugar!

****************

Ontem, antes de sair do trabalho, fiz o que 90% das pessoas fazem antes de colocar a cara na rua: olhei a previsão do tempo.
Normalmente tem a temperatura e algo do tipo: sunny, rain, snow, fog e etc.
Ontem tinha: 23 graus, Smoke.
Como é? Smoke? Como assim fumaça?
Quando sai, vi que estava estranho mesmo. Parecia uma grande nuvem de fumaça sobre Calgary. Não era névoa.. era diferente.
Fui para casa e deixei para pesquisar sobre isso depois.
Hoje encontrei a explicação. A cidade realmente estava embaixo de uma nuvem de fumaça, oriunda de incêncios que acontecem em BC!
O jornal dizia que a qualidade do ar na cidade tinha baixado e tinha até entrevista de pessoas dizendo que não vão praticar esporte no fim de semana. O governo lançou um alerta para as pessoas que sofrem de problemas respiratórios.
O que é mais interessante disso tudo é a preocupação com assuntos que parecem bestas.
Quem no Brasil-il-il está preocupado com a qualidade do ar! E o governo então...
Fica evidente para mim que um governo decente se preocupa com todos os problemas, e não espera chegar na casa do "sem-jeito", para pensar em tomar uma decisão.
Se o trânsito está ruim, novas rodovias e linhas de trem. Se o ônibus da comunidade está lotado, mais ônibus ou ônibus maiores. Se a violência aumenta, cria-se uma plano para resolver o problema.
Ninguém fica esperando que o engarrafemento chegue a 20km, ou que as pessoas fiquem penduradas fora do ônibus, ou que todo dia alguém leve um tiro no sinal.

Mas, que essa fumaça é esquisita, ah isso é!

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Blog Famoso - parte 2

Bom está lá no diário.

A reportagem é pró-Quebec e pró-Canadá. Parece uma propaganda para a palestra que vai ser ministrada em Fortaleza.

Quase não citaram os pontos negativos que falei na entrevista. Na reportagem ficou parecendo que é a maior moleza imigrar e arrumar emprego. Vai ter gente querendo me matar (daqui a pouco o Roberto aparece por aqui)!

Mas, esse blog é otimista e entusiasta. Sou muito feliz em viver aqui e se for para influenciar as pessoas a vir, faço com prazer.

Mas, lembro que é importante conhecer a realidade do que te espera. Cada pessoa é um mundo e todos temos nossas próprias dificuldades e limites.

A reportagem está aqui.

Também saiu na edição escrita do jornal. Ver aqui.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Blog Famoso - Diário do Nordeste

Caros, a curva está ficando famosa.
Amanhã deve sair uma matéria no Diário do Nordeste ( jornal de Fortaleza ) sobre imigração.
Eu partipei respondendo algumas questões.

Tenho um amigo que disse que o Diário costuma distorcer um pouco o que a gente diz. Espero que não faça isso comigo.

Vou dar uma conferida amanhã... Ainda bem que estou bem longe!

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

500 melhores universidades do mundo

Na lista das 500 melhores universidades do mundo tivemos 23 universidades canadenses. O nosso Brasil-il-il tem 5.

Os franceses criticam muito a lista porque, entre outros critérios, são levados em consideração apenas artigos publicados em inglês.

Dividindo por províncias temos:

Ontario - 10
Quebec - 5
BC - 3
Alberta - 2
Manitoba - 1
Saskatchewan - 1
Nova Scotia - 1

Aqui a lista em pdf.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Os (des) preparados

Nunca poderia ser jornalista. Primeiro, pq não sei escrever. Segundo, pq parece que a galera perdeu a aula sobre extrair a idéia central de um texto e vc tem que ficar explicando tudo que escreve de novo.

Já recebi um monte de e-mail sobre o post abaixo, com uma relação de desgraças que podem acontecer e fazer vc voltar.

Toc-toc-toc. Bate na madeira... Sim, alguma coisa pode acontecer comigo que me faça voltar...

O texto do post abaixo... é apenas para dizer:

Se trabalhe da melhor maneira possível.

Os preparados!

Há alguns meses, vários blogs de imigração postaram sobre o mercado de trabalho no Canadá.
O teor de cada blog variava dependendo de como estavam as conquistas de cada um...
Ia escrever esse post naquela época, mas como estava no meio a copa do mundo, não deu.

Nesse fim de semana estava conversando com o grande prefeito de Calgary, Mr. Karlson, ele me contou algumas das aventuras e dificuldades que passou aqui em Calgary.
Hoje, 2 anos depois, ele está muito bem, e com uma filhinha linda que nasceu aqui.

Mas, pq estou falando do prefeito? Pq como ele, alguns tiveram ou julgaram ter tido problemas e desistiram.
E também pq minha intenção é misturar o assunto mercado de trabalho com alguns comentários sobre o que leva uma pessoa a desistir e voltar ao Brasil-il-il.

Li em um desses blogs que engenheiros, médicos, enfermeiros, assistentes sociais e etc são atraídos ao Canadá e nunca conseguem trabalhar na área e acabam em algum serviço braçal para todo sempre e toda enternidade.

Comentários como esse evidenciam o principal motivo que leva um imigrante a voltar: falta de pesquisa e despreparo psicológico e financeiro.

Antes de imigrar a primeira pergunta que me fiz foi: na minha profissão posso trabalhar sem precisar ter o diploma reconhecido?

Se vc responderia NÃO à pergunta acima leia esse parágrafo:
É sabido que em algumas profissões ( aquelas que já citei médicos, assistentes sociais... ), o imigrante não pode chegar e já arrumar um trabalho. O que é natural... Imagine que vc mora em um país e o seu médico vem lá do Sudão ( sem querer desmerecer o Sudão ). O mínimo que vc espera é que esse algum órgão garanta que esse cara realmente saiba o que está fazendo.
Profissionais dessa área tem que estar preparados financeiramente e/ou psicologicamente para ou passar um tempão sem trabalhar ou encarar um survival no Wal-Mart ou numa padaria.
Além disso, tem que ter o tempo necessário para estudar e fazer o que for preciso para trabalhar de novo na sua área.
Fora, a galera no Brasil-il-il comentando: "o fulano formado e trabalhando na padaria."
E olha que nem entrei no mérito do conhecimento de inglês, que se for pouco, aí que atrasa o processo mesmo.

Se vc responderia SIM à pergunta acima leia esse parágrafo:
Todos os profissionais tem que estar preparados financeiramente e/ou psicologicamente para ou passar um tempão sem trabalhar ou encarar um survival no Wal-Mart ou numa padaria ( como foi meu caso ).
Fora, a galera no Brasil-il-il comentando: "o fulano formado e trabalhando na padaria."
E olha que nem entrei no mérito do conhecimento de inglês, que se for pouco, aí que atrasa o processo mesmo.

Notaram algumas semelhança entre as respostas????

Para as duas respostas:
Mesmo que consiga um emprego na sua área, esteja preparado também, para re-iniciar sua carreira profissional de uma posição abaixo que vc tinha no Brasil-il-il.

Portanto, companheiro, deite a cabeça no travesseiro, pense e não minta para vc mesmo... Vc aguentaria passar 6 meses, 1 ano, ou até mais (dependendo da sua formação) trabalhando em um survival até conseguir um emprego na área?
Tenho um amigo que desistiu antes de vir... justíssimo... melhor que vir e ficar aqui reclamando.

Para encerrar... Compensa?

Sim, não me arrependo nem um minuto, mas meu caso não serve de parâmetro, pois foram só 3 meses de survival. Mas, meus amigos que estão aqui e que passaram mais tempo ou ainda estão nesse processo, dizem que compensa. E muito!
A realidade de viver nesse país, a qualidade de vida, o sentido de justiça, segurança e a felicidade no rosto do meu filho pedalando a bicicleta pelo parks e playgrounds me dão a certeza...

Venham! Mas se preparem para o que está por vir!

Vcs só tem a ganhar e o preço que se paga, depende apenas de como vc quer encarar a aventura.

Editado às 14:55: Como a Dani acabou de dizer nos comentários, existem pessoas que voltam por problemas familiares. Claro que sim, mas esses problemas a gente não pode controlar e pode acontecer até com que está gostando como eu. Conheço uma pessoa que voltou por causa disso, mas com certeza foi meio que por obrigação. O resto respondi nos comentários mesmo.

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Canadense frio?

Olha, sinceramente, não acho.
Eles não te convidam para a casa deles logo que te conhecem.
Eles não aparecem na tua casa sem ser convidados...

Isso é frieza? Não acho.
Diferença cultural, sim... Mas, de repente um árabe pode me achar frio pq não ando de mãos dadas com meus amigos homens...
O que para eles é normal, para mim é viadagem...

Canadenses não abraçam? Mentira... já vi e ouvi histórias de todo o tipo de demonstração de afeto. Só que ele não vai dar beijinho e abraço no dia que te conhece.

Na verdade o que muitos chamam de frieza, eu chamo de respeito ao espaço pessoal.

Você não fala com um canadense cutucando o cara...
Você não interrompe duas pessoas conversando...
Você não fica encostado no cara da frente na fila do banco...

Sinceramente, isso é frieza ou respeito? Vai ver sou frio também...

Mas, eu não chamaria de frio um povo que conta a vida toda depois que vc simplesmente pergunta um simples How are you...
Ou que se oferece para ajudar, quando escuta que vc acabou de imigrar para a cidade.

A maioria das amizades nascem quando vc é criança ou adolescente, ou quando encontra pessoas com os mesmo sonhos, objetivos ou dificuldades.
Isso explica o fato de termos muito mais amigos brasileiros, pois no caso estamos todos no mesmo barco...

A amizade independe de questões como nacionalidade, idade ou grupos social. A afinidade e o "se sentir bem" com algumas pessoas passa por cima disso tudo.

E mais... fazer uma amizade fica cada vez mais difícil depois dos 30, quando vc já é uma cara mais chato e muito mais crítico...

E no meu caso, sou bem craque em ser chato e crítico...

É a idade, é a idade.

P.S.: Família, estamos bem... é que no verão as postagens tendem a diminuir mesmo.

Greenpeace in Calgary...

Estava aqui trabalhando e começou um movimento sem fim de carro de polícia e bombeiros...

Eis o motivo..



Leia mais aqui...

quarta-feira, 14 de julho de 2010

e lá se vão...

Dia 15 às 4 da tarde eles vão embora...

Foi ótimo!
Ter a companhia do sogrão para assistir a copa, tomar um cerveja, comer um churrasquinho... Maravilha!

Levi aproveitou cada segundo com a "Dinha" dele. E acho que ela aproveitou também...

Lidiana nem se fala. Lidy ontem comentou que estava sentindo algo parecido com o que sentiu antes de vir embora. Hoje comecei a sentir a mesma coisa... E logo me veio a mente a imagem do meu pai e amigos chorando no aeroporto, 10 meses atrás quando embarcamos para o Canadá.

O frio, a busca de emprego e os obstáculos que enfretamos nesse tempo não é o preço que se paga para termos a qualidade de vida que temos aqui. O verdadeiro preço é distancia daqueles que amamos!

Sem problemas, isso passa e a vida volta ao normal... afinal é verão no hemisfério norte.

Só me resta dizer até breve a minha amiga Mariana Dinha e ao sogrão Aluísio.

Obrigado por trazer tanta alegria ao nosso verão.

Desculpe se tiver erros de português... é difícil escrever com lágrimas nos olhos.

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Rapidinhas, respostas e processo

A lista de blogs foi atualizada seguindo a sugestões das pessoas que enviaram alguns links. Se esqueci de adicionar algum blog foi descuido mesmo.

*******

Como disse em um post anterior a lista de profissão em demanda mudou. Mas, lembro que existem outras formas de imigrar para o Canadá.

Clique aqui para descobrir uma outra opção para a sua realidade.
Se optar por Quebec, dê uma olhada no blog Rapadura Please. O Alexei é gente boa e está sempre pronto para ajudar.

Se o objetivo for morar no exterior e não necessariamente no Canadá, procure saber mais sobre o processo Australiano.

********

Respondendo algumas perguntas:
Alesson Ferreira: Não conheço esse lance de intercâmbio com direito a visto de trabalho. Mas, o fato de eu não conhecer não significa que não exista. Se você tiver alguma informação oficial, me avisa que publico aqui no blog.

Tânia Vianna: Se o NOC1122 se aplica a área do seu marido fica complicado dizer a distancia. Mas, se as atividades dele batem com essas aqui e ele tiver como comprovar poderia funcionar sim.

********

Quando tiver saco publico as fotos e filmagens relacionadas ao Stampede.

Valeu

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Mudanças no Processo

Essa semana soube que mudaram a lista de profissões em demanda para o processo skilled worker...

O mais impressionante é que não tem mais nada com relação a IT!

WTF!!!!!!!!

Não entendi a lógica... assim que souber mais sobre o assunto comento.

Para ver a nova lista clique aqui.

P.S. Denize, ainda tem enfermagem por lá!

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Cold Turkey... Mais fotos

2 dias sem jogos da copa.
Estou tendo crise de privação com direito a Cold Turkey!

Para preencher o tempo resolvi postar mais fotos dos passeios que estamos fazendo com os parentes da Lidy.

Hoje é feriado... quando tiver saco coloco as fotos do nosso primeiro Canada Day.

domingo, 20 de junho de 2010

Atualização e Fotos

Caros...

Ainda não atualizei a lista de blogs com as sugestões da galera. Mas, prometo fazer em breve. Tenho estado ocupado com a Copa do Mundo e os parentes da Lidy.

Para a família e amigos, seguem as primeiras fotos e vídeos que tiramos dos turistas até agora. Peço desculpas aos que acessam o blog atrás de informação sobre imigração ao Canadá.

Outros posts como esse podem surgir até o meio de julho quando voltaremos com a programação normal.









sábado, 19 de junho de 2010

Família em casa

Genteeeeeeeeeeeeee,

meu pai e minha irmã (Mari) estão aqui em casa !!!!!!!!!!!
Tá muito corrido por isso passei aqui só pra dizer o quanto estamos felizes com a visita, em mostrar o que estamos vivendo e o país que acolhemos como nosso.
Bjo pra todos e depois coloco fotosssssssssss.

Fui...

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Renovação... participe vc também

Quando comecei minhas pesquisas sobre o Canadá, minha maior fonte de pesquisa eram os blogs do pessoal que estava por aqui.
Quando criei esse blog inclui todas essas fontes nos links aqui do lado esquerdo.
,
Só que muitos desses amigos, por um motivo, ou outro, deixaram de atualizar os blogs. E eu, acabei ficando sem saber sobre os blogs das pessoas que tem chegado depois de mim.

Pois bem, se vc tem ou conhece algum blog, de pessoas que já estão aqui, ou perto de vir, que seja atualizado com frequencia e tenha vontade ajudar os futuros imigrantes, por favor me envie.

Vou renovar os links e gostaria da ajuda das pessoas que frequentam esse espaço.

Enviem via comentário ou e-mail...

Valeu...

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Bolão Depois da Curva

Bom, para quem acompanha o blog e gosta de copa, acabo de criar um bolão no site da ESPN Brasil.

O prêmio do vencedor são 6 cervejas Miller para beber aqui em casa... Se você não está em Calgary, azar o seu... rs...

Espero que o Ramon também participe.... Quero kickar o ass dele.

Para participar se cadastre o site: http://espnbolao.terra.com.br/bolaocopadomundo/

Quando entrar vá em "Meu Bolão". Na janelinha de busca digite "Depois da Curva".

Dê seus palpites e vamos ver se consegue me vencer!

See you...

Para farrear...

Ainda não conheço a noite de Calgary.
Sei que em matéria de shows bacanas, Toronto e Vancouver, são infinitamente melhores que Calgary.

Como minha cunhada está vindo agora em Junho, andei perguntando por aqui quais os lugares legais da night calgaryana. Segue a lista que me passaram. Ainda não fui em nenhum desses lugares então não posso dar minha opinião.

Lista 1: Carol
Back Alley (banda/dj): McLeod Tr. - Bar/boate Rock'n Roll
Broken City (banda/dj): 11 Ave. - Rock e musica alternativa Tem pista de danca)
Whisky: Boate em Downtown (4th St) - bem "normal", mas vai uns DJs muito bons la de vez em quando
Tantra: Boate em Downtown - tbem "normal". Eles tem um apreco especial por Hip Hop
Yard House: Bar na 17th. Otimo p/ ir comer "chicken wings" de quarta feira e assisti jogos
Brewsters: (ao lado do Safeway 12th Ave -Dwtn)- Bar... eles fazem a propria cerveja. Tem uma variedade bem grande.
Ship'n Anchor: Bar na 17th. rock e alternativa. A comida eh otima e eles tambem tem umas bebidas bem bacanas.
Cowboys: 5 Ave (eu acho). Boate "normal". Particularmente animada durante o Stampede.

Lista 2: Caryna
Mel rose place: barzinho bacana na 17.
Metropolitan grill - um restaurante q vira boate de noite. Tem um na Stephen Ave e - Vicious circle - um coquetel bar com sinuca muito bacaninha
The Mercury - outro coquetel bar - o melhor chocolate martini que jah tomei

Cheers!

terça-feira, 1 de junho de 2010

Aprecie SEM moderação, mas identifique-se

Aceitando sugestão do Karlson, o blog está sem moderação, mas proíbe comentários anônimos.

Ainda bem... era um saco ficar aprovando comentários.

Valeu...

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Aprecie com moderação

Devido ao comentário ofensivo no meu post sobre a copa do mundo, o blog voltará a ser moderado.

É o preço da fama! rs... Meu blog está igual ao do Juca Kfouri.

Um cavalheiro ou dama que não me conhece, resolveu julgar se eu mereço ou não estar no Canadá. Infelizmente ele não me conhece, o que é uma pena... para ele ou ela. Não posso nem dizer se é homem ou mulher, pois postou como anônimo.

O post ficará lá como exemplo do que não será aceito nesse blog.

Peço desculpa aos demais, mas os comentários não serão mais exibidos de forma instantanea no blog, pois terão que ser aprovados.

Ficará mais lento ainda no mês da copa, pois estarei ocupado matando o trabalho para ver os jogos!

:)

sábado, 29 de maio de 2010

Copa do Mundo - meu sofrimento

Resolvi falar de copa do mundo também.
Amo futebol. No Brasil tinha assinatura do PFC. Assistia 5 jogos ao mesmo tempo. Cheguei ao extremo de assistir América x Cardoso Moreira, pelo carioca de 2009.

Pois bem, na época da copa do mundo eu implorava por férias no trabalho. Não serve ver os jogos do Brasil-il-il. Eu quero ver TODOS os jogos! Uma vez minhas férias foram assim: ficava em casa de manhã e ia trabalhar à tarde. Meu chefe concordou com essas "férias" rindo.

No Canadá, as pessoas nem sabem direito que vai ter Copa do Mundo. Então, fui procurar minhas opções. Primeiro acordar as 5:30 para ver o primeiro jogo do dia. Mas, não dá para cobrir tudo. Tenho direito a 2 flex-days em Junho. Vou tirar 4 half-days. Mesmo assim não dá para ver tudo. Então vou tirar uma folga entre os dias 2 e 7 de Julho. Mas, ainda não dá pra ver tudo.

Então vamos a dica. A CBC é a emissora que vai transmitir (todos) os jogos aqui no Canadá. O detalhe é que eles também vão transmitir ao vivo pela Internet. Como no meu trabalho tenho meu próprio office, ficarei lá tentando assistir tudo!

Se falhar sempre tem o Justin.tv.

Não sinto a menor falta do Galvão Bueno. Mas tenho saudade da ESPN Brasil: PVC, Juca Kfouri, Calazans, Trajano, Plihal e André Kfouri vão fazer falta.

Gostaria que a Espanha ou Inglaterra ganhasse a copa. Acho que o futebol mais bonito deve ser o vencedor. Acho que o Brasil dança nas quartas.

Depois do dia 11 de junho só estarei disponível a partir das 14:30.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

e Diversões...

Chega de choro!
Vou quebrar o clima contando como foi o fim de semana passado.

Domingo rolou um churrasco. Ravi, Soraya, Arthur, Karlson, Josy e a família Carvalho.
Além deles apareceram Ana Luísa e o namorido dela Maurício. A Ana chegou em Calgary como imigrante na semana passada. Engraçado isso, quando cheguei aqui achava legal conhecer as pessoas do blog que eu lia quando estava no Brasil-il-il. Agora estou do outro lado. A Ana Luísa agora entrou naquela de procura de emprego... Espero que consiga logo. O Maurício já estava no Canadá. Morava em Edmonton e agora se mudou para Calgary... Boa sorte para eles.

Bom o churrasco foi ótimo. Principalmente, porque ficou nas mãos de um profissional gaúcho: Ravi! O cara foi fera... comi pra caramba.... outro dia a gente repete.

Segunda. Feriado no Calaway Park. Passeio massa demais! Dessa vez com os vizinhos Maurício ( outro ), Neusinha, Natan ( não sei se escreve assim ) e de novo os Carvalho. Muito massa... Andamos em um monte de brinquedos... O Levi se divertiu para caramba e não amarelou em nenhum.

E eu.... bom... eu andei pela primeira vez numa Montanha Russa. Dessas que a gente vira de cabeça para baixo. Andei, mas não vi nada. Cagão como sou, fui de olho aberto a subida toda... quando fez que ia descer... pronto, fechei os olhos... fiz tanta força e fiquei tão tenso que no fim da primeira volta estava com dor nos pescoço. Segunda volta, relaxei um pouco, mas não abri os olhos. A Lidy disse que vendo de baixo parecia que tinha um lugar vazio no carrinho de tão encolhido que estava.

Essa diversão ( ??? ) durou no máximo 3 minutos. Quando sai dei só uma conferida para ver se estava tudo limpo. Estava. Mas tranquei tanto que passei uns 3 dias sem ir ao banheiro.

Foi bem bacana!

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Perdas

Nossa...
Amanhã (29/05) irá fazer 4 anos que minha mãe morreu. É incrível como a dor nunca vai embora e o buraco nunca fecha. A gente se acostuma com a ausência, a dor fica acomodada dentro da gente, quando menos esperamos, ela aparece. Como sinto falta dela... ainda mais agora que estou longe da família. Ainda sinto o cheiro dela... sinto ela me dar colo quando preciso, pois a calma na hora do problema com certeza vem dela.
Ontem à noite, colocando Levi pra dormir ele me saiu com uma pergunta : "Seu pai é o vovô Aluisio, e quem é a sua mãe ? "Usei de toda a minha psicologia e contendo as lágrimas respondi que era vovó Norma, mas que ela agora não estava mais com a gente, ela tinha virado uma estrelinha. Acho que ele sentiu a tristeza e disse : "Não tem problema mãe, vou construir um foguete pra gente buscar a vovó Norma ". Dá pra imaginar como fiquei né ?
Talvez você esteja se perguntando o que esse post tem haver com Canada. Pois é, tem tudo. Acho que se minha mãe estivesse viva eu não teria coragem de vir, não que meu pai e minhas irmãs sejam menos importante, mas depois da dor da perda, pensei, passo por qualquer coisa. E aqui estamos nós.
Mãe ainda sinto muito a tua falta ...

quinta-feira, 20 de maio de 2010

English M@!3r F*@!3r. Do you speak it?

A frase do título foi tirada do filme Pulp Fiction.
Mas, a pergunta pode ser feita para os futuros imigrantes. Como está seu inglês?

Para imigrar para as províncias que falam inglês, você precisa ter um bom domínio de.... tchan tchan ram ram ... inglês!

Por incrível que pareça as pessoas não dão a devida importancia a esse quesito quando estão no processo de imigração.

Só que, por melhor que você ache que está seu nível, te garanto que ainda não está bom.

Duas dicas:
1) Se você acha que sabe muito, estude mais. Você vai precisar se virar nas mais variadas situações... Lembre-se que quando chegar aqui você estará começando a vida do zero! Assuntos fáceis de resolver podem ser bastante dolorosos quando não se tem o vocabulário bem desenvolvido.
Vai precisar fazer entrevista em inglês e concorrendo com pessoas, muitas vezes locais e que tem o inglês como primeira língua.
Quando você arrumar emprego, vai precisar participar de conference call, reunião de equipe, resolver os mais variados assuntos por telefone e etc...
Explicar algo para um colega de trabalho pode ser difícil? Imagine ter que convencer alguém sobre algo que ela não está concordando!
2) Se você acha que seu inglês é ruim, não espere chegar aqui para tentar melhorar. As aulas de inglês para imigrantes e survival jobs ajudam muito, mas por que esperar? Quanto antes você começar e melhor aproveitar o tempo de espera do visto, maior serão suas chances!
3) Os pensamentos tipo "chegando lá eu dou um jeito" ou "eu me viro" , não são estratégias válidas!

Agora uma pequena história. No Brasil-il-il, um dos meus pontos fortes era a facilidade de comunicação, característica que não é ponto forte da maioria dos profissionais da área de TI.
Era o engraçadinho da empresa. Sempre tinha uma piada na ponta da língua e divertia a galera nos almoços...
Pois bem, ontem fui almoçar com a galera do trabalho... Fiquei 80% do tempo ouvindo. 100% concentrado para tentar entender o que 5 ou 6 pessoas conversavem, naquele ritmo de conversa descontraída, um interrompendo o outro ou fazendo piadas no meio da história. Às vezes falando ao mesmo tempo. Consegue imaginar isso?
Antes de falar alguma coisa, ficava pensando o que dizer e como... E olha que tenho um nível de inglês que me permitiu trabalhar na minha área.
Isso não é confortável e às vezes pode te deixar chateado.

Bom, o post não é para ser pessimista... até porque quem lê o blog sabe que só tenho coisas boas para falar e que estamos muito felizes aqui.

O objetivo aqui é apenas alertar os futuros imigrantes que a língua é tão ou mais essencial que as suas certificações, pois por melhor profissional que seja, você não vai conseguir os melhores empregos sem ser capaz de se comunicar bem.

Para terminar, te garanto que mesmo que se prepare, ainda assim, você terá muitos micos engraçados para compartilhar!

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Prince's Island

No dia 06 de maio fomos conhecer o Prince's Island.
Um parque lindíssimo bem no coração de downtown.

Durante a semana é muito movimentado, pois a galera que trabalha no centro usa o parque para realizar atividades físicas no horário do almoço, antes e depois do trabalho.

sábado, 8 de maio de 2010

Levi matriculado na escola

Quando chegamos em Setembro do ano passado, o Levi estava completando 4 anos e não era elegível para o entrar no Kindergarten.

Tivemos que colocá-lo no preschool. São só duas vezes na semana e pago.

Esse ano, em Setembro, ele poderá entrar na escola normal então decidimos registrar logo.

O primeiro passo seria conhecer as escolas que atendem a comunidade em que moro. Isso foi fácil, porque temos amigos que confiamos muito morando aqui perto. Eles indicaram a escola que os filhos estudam. A Lidy visitou e achou demais!

Depois disso, liguei para o Calgary Board of Education, no setor responsável por alunos que vem de outro país. É importante que seja para esse setor, pois algumas escolas oferecem ESL ( English as Second Language ) para os alunos estrangeiros. Pois bem, liguei na Terça, fiz um pré-registro, já dizendo a escola que queria, e marquei para ir lá na Sexta.

Fui lá na Sexta, com os PRCard do Levi e o comprovante de residência, preenchi uns papéis e 30 minutos depois, sai de lá com os papéis para ir a escola.

Fomos direto a escola e registramos o Levi. Demorou uns 5 minutos. Depois demos uma volta pela escola.

Simplesmente fantástica! O Levi também adorou a escola. Olha, não dá pra descrever!

Quando vejo uma coisa dessas fico muito feliz com a oportunidade que estou dando para meu filho...

Só quem está aqui para ver!

Site da escola: Olympic Heights School

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Quer trabalhar: Calgary

Se você, assim como eu, acha que a primeira grande e decisiva batalha para se dar bem nesse lance de imigração é o emprego, tenho boas notícias sobre Calgary.

Best Places to Live: Work
( Link passado pelo Karlson )

Bom, se você acha que bom mesmo é morar em um cartão postal, porém desempregado, existem outras opções....

Emprego com qualidade de vida: a gente se vê por aqui!

Contato...

Temos recebido cada vez mais e-mails com todos os tipos de dúvidas ou pedindo nossos contatos.
Lá vai:
e-mail: cammjr@gmail.com

Abraços

terça-feira, 4 de maio de 2010

Carro Novo!

Finalmente...

Conseguimos comprar o carro.
Trata-se de uma Dodge Caravan 2005. Excelente estado, novíssima! E para alegria do Levi, com DVD!

Mas a emoção foi grande...

Alguns meses atrás tive um financiamento negado.
Seguindo as sugestões do Rafael e do Karlson, fui pesquisar sobre o leasing.

Fui na Honda e vi o lance do leasing, mas não fiquei confortável em pagar 48 prestações e no fim ainda dar uma grana para ficar com o carro. Existem outras possibilidades no fim do leasing, mas não vou entrar em detalhes.
Decidimos então que o melhor seria financiar um carro usado. Encontramos um Matrix 2008 na Toyota com um bom preço.
Ainda não estava me sentindo confortável... mas o cara da concessonária me convenceu a dar 200 dólares para "segurar" o carro até o outro dia. Vacilei e paguei os 200. Tudo bem que eu estava quase decidido que ia comprar, mas não devia ter dado nada... o carro não seria vendido de um dia pro outro e mesmo se fosse não seria problema...
Se eu for contabilizar o que já perdi financeiramente por falta de informação ou por burrice desde que cheguei...

Anyway...

Agora chega a virada da história. Tinha um brasileiro aqui em Calgary, que infelizmente estava voltando para o Brasil, devido a problemas familiares. Uma pena, o cara é gente boa.
Ele estava vendendo a Dodge por um excelente preço, mas ainda acima do que podia pagar.

Mas, quando cheguei em casa à noite, ele havia me mandando um e-mail dizendo que não estava conseguindo vender o carro.
Ele havia levado o carro na concessionária que ofereceu um preço ainda abaixo do que ele estava pedindo. E olha que ele já tinha baixado muito.

Então ele decidiu vender para mim pelo mesmo preço!

Dei uma parte do dinheiro e assumi 3 parcelas que faltavam para encerrar o financimento dele.

Ou seja, paguei o que podia pagar, sem me descapitalizar demais e dilui o resto em 3 vezes.

Fiquei com a consciência pesada, porque fica parecendo que enrolei o cara, mas não foi isso. Eu realmente só podia me comprometer com o valor que paguei!

Mas, acho que no fim, todo mundo saiu satisfeito!

Agora estou tentando vender o KKMóvel:
Clique aqui

P.S. 1 - Não falei em valores para não expor nenhum envolvido.
P.S. 2 - Perdi os 200 paus que dei para segurar o Matrix - mas, ainda não desisti.

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Ah a primavera!!!

... mas que primavera?
Bom, há duas semanas a coisa esquentou e começou a aparecer as primeiras e tímidas folhinhas verdes nas árvores... Comprei minha churasqueira todo animado.

Mas aí veio essa semana e nevou horrores e cobriu tudo de branco de novo. Me disseram que é meio normal... Se é normal então tá bom, mas todo dia dou uma olhadinha pra minha churrasqueirinha na varanda.

Bom hoje já deu sol de novo e até amanhã essa neve já deve ter ido... Claro que sempre pode cair outra... Por mim tanto faz... Ainda estou na fase de achar tudo lindo... Seja branco ou verde.

Meu chefe me sacaneia todo dia. Quando passo na porta da sala dele para ir pra minha sempre escuto ele gritar: "Está gostando da primavera, Carlos?"

Estou, cara, estou...

domingo, 25 de abril de 2010

Imagens...

Como a Lidy comentou semana passada fomos para Banff, Lake Louise e Canmore. Fomos no Sábado e voltamos domingo. Dormimos em Canmore.

As melhores fotos, tiradas em Banff e Lake Louise estão nas máquinas do Karlson e do Daniel ( a nossa negou fogo ). Assim que forem publicadas em algum lugar, ou alguém nos mande, publicarei aqui no blog. Entretanto, temos algumas fotos tiradas em Canmore no segundo dia.

No álbum abaixo, além dessas fotos de Canmore, estão as da turma de inglês da Lidy e da montagem da churrasqueira. Sim, temos uma churrasqueira.

As grávidas de Calgary que estiverem com desejo de comer carne é só nos ligar! Ouviu Soraya?

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Comparações sem comparações

Quando estava no Brasil sempre via nos blogs as inúmeras comparações que as pessoas faziam entre o Brasil e o Canadá.
Vou fazer um pouqunho diferente... como não podia deixar de ser... hehehe

Aqui está:

Mulhegada - No começo achava a mulhegada daqui bem fraquinha. Hoje já acho que elas estão um pouco acima da média, porém abaixo da qualidade das meninas do Rio ou Minas. Ainda mais agora que começou a ficar quente(???) e as mulheres começaram a usar as pernas que estavam guardadas no armário. O negócio tem ficado bem interessante. Vou parar por aqui senão vou acabar apanhando.
Mesmo assim nesse quesito o Brasil (ainda) ganha!

Sexo - Empate. Trouxe minha mulher do Brasil, então não mudou muita coisa. Claro que meu comentário no item 1 pode prejudicar um pouco as coisas esse fim de semana...

Futebol - O pessoal aqui acha que isso é jogo de mulher. Só dá pra ver jogo de campeonato europeu e acrescentando canais extras no pacote. Flamengo só na tela do computador. A vantagem é que quando o Flamengo faz besteira como nos dois últimos jogos ninguém no trabalho vai me sacanear. No máximo o André me liga perguntando quanto foi o jogo.
Mesmo assim, ponto para o Brasil-il-il.

Churrasco - sem comparação. Tem nem o que dizer. Qualquer churrascaria de beira de estrada chamada de "O Gaúcho" com um cantor(???) tocando Djavan no piano é melhor que o churrasco daqui. Inclusive tem uma churrascaria brasileira aqui em Calgary... Adivinha o nome? hehhehe.
Ponto para o Brasil.

Emoção - ponto para o Brasil. Aqui a vida é muito tranquila. No Brasil é mais emocionante. Parar no sinal e ficar olhando nos espelhos. Esconder a bolsa debaixo do banco. É como participar de um filme de ação todos os dias! Tipo KK Bauer!

Cerveja - cerveja aqui é cara. No Brasil tem Boehmia e ainda é mais barata. Mais um gol para o Brasil...

Depois dessa análise maravilhosa a nossa conclusão é: viver no Brasil é muito melhor!

NOT!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Esse post é só para mostrar que qualquer comparação pode ser injusta dependendo do critério utilizado.
Se você é imigrante saiba de uma coisa: todo lugar aqui é bom!
Então quando for escolher sua cidade de destino, selecione 3 ou 4 cacarterísticas que são importantes na SUA OPINIÃO e compare as cidades usando APENAS esses critérios.

No meu caso, escolhi o seguinte:
1 - Tempo para arranjar emprego na área
2 - Custo de vida e gastos
3 - Pessoas conhecidas para conversar sobre os problemas e comemorar as conquistas.

Esse lance de clima, se a cidade é vermelha, amarela ou azul, sistema de transporte, nunca me importei muito.

Mas, o que é importante para mim, pode não ser bom para você que está lendo...

Em resumo: na hora de pesquisar a cidade, mantenha o foco no que é realmente importante para você.

P.S. Rafael, minha inspiração para escrever esse post foi a comparação que você fez no seu blog. Achei bacana. Minha intenção aqui não é te sacanear, é só mostrar um outro ponto de vista!

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Fim de semana

Oi Gente,

eu sei estou sumida, mas é que nos mudamos, então, deixar a casa em ordem leva tempo e saco.
Mas passei aqui só pra falar do fim de semana MARAVILHOSO que tivemos.
Fomos com o "arrastão "cearense pra Banff, Lake Louise e Canmore.
Nossa, quando a gente conhece esses lugares temos a confirmação da mão de Deus na natureza.
A paisagem é indescritível, com sol então...
Passamos a noite em Canmore, num hotelzinho suuuuuuuuuper charmoso, com isso pudemos conhecer Banff e Canmore na íntegra. Diga-se de passagem que são lindas demais. Sem falar na companhia dos amigos... não tem preço.
Espero repetir a dose quando meu pai e minha irmã chegarem em junho.

Fui

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Aviso aos navegantes

Estamos online de novo.
TV à cabo, infelizmente, só domingo. Assim, como a parte de baixo da cama box.

Ainda falta uma visita na IKEA, mas nossa casa está tomando jeito de casa.

Agradecendo ao André e o Daniel que fizeram muita força na mudança.
Ravi, que não foi no dia de carregar as coisas, se redimiu levando o sofá quase que sozinho e, literalmente, nas costas.

Valeu ao Karlson e ao Renato por pegar as cordas.

Espero que demore para ter outra dessas.

------------- ----------------- -------------

ah.... alguém perguntou sobre o nome da comunidade que estamos morando. Chama-se Coach Hill.

quarta-feira, 7 de abril de 2010

The Bus of The Rising Sun

101 é meu novo ônibus.

Ele faz um caminho que particularmente adoro. Desce uma avenida chamada Bow Trail.
Essa avenida está em um ponto elevado da cidade, então a vista dela é lindísisma.

Hoje, quando o ônibus entrou na Bow, vi o cartão postal:

De uma lado uma insone lua, ainda acordada da farra da madrugada.
Do outro um sol recém-nascido de mais uma noite solitária.

Entre eles Donwtown iluminada em laranja.

Uma foto pareceria montagem.

Nesse momento, uma alegria indescritível veio ao meu encontro. E mesmo a saudade que sinto das pessoas que ficaram, não me impedem de ser feliz.

Muito feliz.

Quando o ônibus entrou em downtown, um raio de sol me bateu no rosto e antes que as lágrimas que se formavam pudessem rolar, ouvi no IPod os primeiros acordes de "The House of The Rising Sun".

Claro que a letra não tem relação nenhuma com a minha vida, mas o Rising Sun do título caiu bem.

Abri um sorriso, me despi do sentimentalismo barato e desci do ônibus para mais um dia de trabalho.

Desculpem, tem dias que a gente fica assim...

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Plantão do JN

Antecipamos nossa mudança para ontem.

Ainda está uma baita bagunça e estamos sem Internet e telefone em casa. Ainda não conseguimos subir o sofá para a sala.

Caso alguém queira entrar em contato, ligue para os celulares ou mande e-mail para mim que dou uma olhada no trabalho.

email: cammjr@gmail.com

Em breve voltamos com a programação normal

quarta-feira, 31 de março de 2010

Novo endereço

Passados 6 meses, chegou a hora de uma pequena evolução.
Nosso atual AP foi ótimo para nos ajudar no momento de chegada. Bom tamanho, bom preço.
Fim de uma fase. Ótima por sinal. Vou guardar com muito carinho o período que passei nesse lugar. Comemoramos muitas conquistas aqui.

Mas chegou a hora de ir para um lugar melhor. Com mais de 1 banheiro para evitar engarrafementos.

Aqui estão algumas poucas fotos do novo cantinho. Ainda sem nada, porque recebi as chaves hoje. Essa será nossa casa por pelo menos 1 ano. Esperamos comemorar mais conquistas nela.

segunda-feira, 29 de março de 2010

Piada antiga

Tenho uma notícia boa e uma ruim...

Boa: Decidimos comprar um Versa 0Km.
Ruim: O financiamento não foi aprovado! pffffffffffff....

Nem só de vitórias vive o homem! rs...

Vamos refazendo alguns planos... nada que abale alguma coisa.

Não perdemos nem um décimo no quesito felicidade.

Jogo do Hitmen - Camarote

Quinta-Feira passada ganhei mais um sorteio lá na empresa.
Dessa vez foram 2 ingressos para assistir ao primeiro jogo do Hitmen nos playoffs de Hockey.
Quem não leu os posts anteriores o Hitmen é o time sub-19 da cidade.

Fomos eu e o Levi. Saímos de casa, passamos no médico para olhar minha pereba, compramos o remédio que ele receitou, comemos um sanduba e nos empirulitamos para downtown.

Parei o carro perto da estação do trem e fomos esperar o dito. Quando cheguei na estação, percebi que havia esquecido o celular no carro.

Após rápida conversa com o Levi, resolvemos não voltar para buscar. Pegamos o trem e fomos para o jogo.

Chegando lá, tivemos uma grata supresa! Os ingressos eram para o camarote da Trimac. Isso significa que:

* tinha refri de graça
* tinha comida de graça
* além de conseguir ver o puck, dava para ouvir o barulho dele batendo nas luvas do goleiro. Ficamos muito perto!
* o Levi teve saco para ver o jogo todo e ainda se divertiu para caramba. O grande número de gols, as porradas que os jogadores davam uns nos outros e a pipoca de graça ajudaram.
* tinha banheiro privativo e dentro do camarote.

Acabou o jogo, pegamos o trem de volta, andamos até o carro ( o celular estava lá ) e voltamos para casa.

Tudo dentro da maior normalidade e tranquilidade. Do jeito que deveria ser em toda a parte do mundo.

Só que não é... e tudo que foi relatado não aconteceria dessa forma se fosse um jogo de futebol em qualquer estádio do Brasil. Porque:

* não daria para ir de ônibus ou trem
* não levaria meu filho de 4 anos
* nunca conseguiria andar pelo centro às 9 da noite sem me preocupar.
* nunca teria deixado meu carro no meio da rua no centro.
* não teria deixado meu celular no carro. Na verdade talvez nem tivesse saído de casa com o telefone.

e nem estou comentando outros inúmeros aspectos relacionados as instalações e aos funcionários que trabalham no estádio.

Ah... O Hitmen ganhou o jogo.

sexta-feira, 26 de março de 2010

Dunga... olha eu aqui!

Sábado fui fazer um teste para entrar em um time de futebol que disputa a div 4 de uma liga amadora de Calgary.
Apesar deles estarem à procura de atletas(????) para o campeonato outdoor, o teste foi realizado em um campo indoor.

Pessoal, foi o jogo mais parecido com futebol que eu já joguei.

Sabe o Show Ball que passa no Brasil? É quase aquilo. A bola não sai em lateral e nem atrás do gol (até porque o gol é um buraco na parede).
Não sai na lateral, porque você pode tabelar com a parede! Isso mesmo, você pode usar a parede para driblar, passar ou qualquer outra coisa que a criatividade permitir! O jogo não para nunca.
O banco de reserva é igual de hockey, tem duas portinhas: perto de uma ficam os defensores e da outra os atacantes. Se, por exemplo, alguém da defesa cansar, ele grita: "defesa!", corre e sai pela portinha e o reserva entra. Ô negócio doido!


Mas vamos a minha atuação:
Se o Galvão Bueno estivesse narrando e torcendo para o meu time ele diria que o problema foi a altitude ( Calgary está a 1,048m ) e o clima seco.
Porém na minha opinião o que atrapalhou mesmo foi a barriga e os 15 quilos que ganhei desde que casei.

Minha atuação não foi sofrível, mas também não foi excelente. Dei bons passes e fiz algumas jogadas legais. Só que corria 5 minutos e passava 5 no banco querendo morrer!
Um dos momentos mais críticos ocorreu quando o goleiro do time adversário lançou a bola para o centroavante.
Parti em disparada(???) atrás dele. Foram os 5 segundos mais terríveis do jogo. Eu bufando, tentando carregar o peso extra, o coração com 712 batimentos por segundo quase saindo pela boca e o pulmão pedindo "penico".
Quando a Lidiana estava quase ficando viúva, o juiz apitou e gritou: "3 lines!". Até agora eu não sei que p*** de regra é essa, mas quase me ajoelhei aos pés dele agradecendo.

Ainda estou sofrendo as consequencias do jogo. Em um dos meus momentos "Deus da Raça", dei um carrinho para recuperar uma bola. Só que esses campos indoor tem aquele piso que deve ser feito com gilette. Resultado: abriu uma pereba imensa no meu joelho.
Essa semana vindo trabalhar, com a calça jeans roçando em cima, a pereba inflamou e criou uma placa de pus embaixo.

Ontem como estava doendo, fui ao médico que receitou um atibiótico... fim de semana sem a tradicional cervejinha.

Moral da história: não vou poder comparecer ao segundo teste que vai ser no domingo em um piso com grama de verdade.

P.S. A Lidy sugeriu que eu colocasse uma foto da pereba, mas achei que era sacanagem.

domingo, 21 de março de 2010

Sábado é dia de Calgary Zoo

Sábado fomos ao Calgary Zoo, matar a saudade dos familiares. Calma pessoal! É só brincadeira!

Os parceiros foram a Soraya ( com baby na barriga ), Ravi, Arthur.
Foi muito massa mesmo!

Passeio e companhia nota 10! Pizza no Quiznos muito boa.

As 97 fotos estão em baixo... para os familiares amarrados, clique em cima e veja grande!

Saint Patrick's Day - Aguardando o Sogrão

No último dia 17 foi Saint Patrick's Day.
Não vou perder meu tempo explicando isso... Você pode ler em algums blogs amigos:
Rapadura Please - Parada de Saint Patrick
e
Calgary News - March 17th - Go green

Bom, nesse dia fui trabalhar de verde e fui sorteado com um gift card, no valor de 25 doletas para biritar em um pub irlandês aqui em Calgary. Como meu sogro vem em junho, vou guardar para tomar uma com ele.

Olha a foto aí sogrão.

quarta-feira, 17 de março de 2010

Canadiando...

1: Ônibus
Estava no 106 voltando para casa. Sobem 3 meninos e 1 menina com idade entre 19 e 25 anos. Entraram e sentaram na maior diversão. Conversando e rindo alto. MUITO ALTO. Eis que o motorista para o ônibus e manda um esporro. Esporro canadense começando com please e terminando com thank you. Mas, mesmo assim um esporro que deixou os 3 barulhentos com vergonha. Funcinou. Desceram mais na frente bem caladinhos.

2: Mãe e Filho
Todo mundo sabe: Filho homem entre 12 e 16 anos tem vergonha dos pais (90% deles). Fato! Todos os dias quando vou para o trabalho sobem no ônibus mãe e filho ( esse com uns 14 anos ). Eles sentam juntinho e vão conversando e rindo até ele descer próximo da escola. Aí vem o diferente: ele dá um bitoquinha nela e desce. Lá fora ainda olha para dentro do ônibus para dar tchauzinho.

3: Mulherada
Nos primeiros dias tive a impressão que a mulherada local era feia. Já mudei de idéia, tem muita mulher bonita aqui. A Lidy concorda, mas ainda acha que, percentualmente, não chega nem perto da quantidade de homens bonitos. Não sei se é verdade ou se o modelo de comparação que ela tem em casa é que não ajuda.

4: sem vergonha de fazer número 2.
Estava no banheiro escovando os dentes e entra meu chefe. Ele manda um how are you e logo depois sem cerimônia entra na cabine reservada. Lá dentro ele começa a se espremer e barulhos horríveis são ouvidos de fora. No melhor estilo "pantera". O cara mandou ver o número 2 sem contrangimento. Não é o primeiro relato que ouço sobre isso. O pessoal sabe que às vezes a natureza chama e isso é encarado de forma natural. No meu caso eu espero não ter ninguém no banheiro para entrar na cabine... se for o caso...

Editado:

P.S. Recado para o Ramon:
Cara tenho esse outro blog: http://variacoesdotema.blogspot.com/ para falar de outros assuntos diferentes do Canadá.
No fim de todo jogo do Flamengo eu escrevo algo sobre o jogo lá. Queria saber se vc quer fazer o review dos jogos para mim. Se sim, me manda um e-mail.

terça-feira, 16 de março de 2010

6 meses de Canada

Nossa...
Parece que foi ontem que desembarcamos...
O que posso dizer desses 6 meses ? Muita coisa aconteceu e está acontecendo, nos unimos mais, aprendemos com os novos amigos e com a nova cultura, vamos nos mudar para uma casa maior, Levi está suuuuuuuper adaptado, KK está empregado, Eu estou me esforçando pra aprender inglês... Então no apanhado geral, entre mortos e feridos, salvaram-se todos. rsrsrsrsrsrs.
Só temos coisas boas pra falar, talvez porque ainda estamos deslumbrados com tudo e todos, ou talvez porque a nossa nova realidade é essa, precisamos nos acostumar com o que é bom de verdade, segurança então, nem se fala.
Falo do fundo do meu coração : hoje somos muito mais felizes !!!!
É claro que existe a parte difícil, saudades da família e amigos, saudades de estar trabalhando (meu caso ), saudades da Sueli (babá do Levi) dentre outras coisas.
Mas no geral estamos muito bem graças a Deus.

bjos pra todos e parabéns pra nós

8 anos...

Nos dias atuais, onde as coisas mudam com tanta velocidade o que dura 8 anos?
Nem sei... só sei que hoje, eu e a Lidy fazemos 8 anos de casamento.
Muitas flores e claro alguns espinhos... Mas, com certeza, a balança continua pendenddo para o lado da felicidade, com folga.

Posso escrever aqui por horas sobre todos os acontecimentos bons que vivemos... Posso escrever horas sobre todas as coisas que minha esposa me ensinou e continua ensinando...

Ainda teremos muitos anos pela frente e tenho certeza que ainda seremos + felizes.

Lidy, you complete me.

e como diria Johnny Cash: "... because you're mine, I walk the line." rs...

domingo, 14 de março de 2010

Carteira de Motorista ( Parte Final )

Oi genteeeeeeeeeeeeee,

Ufa !!!! Hoje fiz o meu road test, com o Mohammed é claro, e graças a Deus passei.
Nossa que tenso. E o que é pior, o Mohammed encrencou com o nosso carro porque o para-brisa está rachado, resumindo, tivemos que alugar um carro pra fazer, diga de passagem, completamente diferente do nosso. O carro era novinho em folha.
Mais uma etapa vencida e todos os documentos canadenses OK.
I'm free !!!!!!!!!

bjos pra todos.

sexta-feira, 12 de março de 2010

Indignação

Preferia não ter que fazer esse post, mas impossível deixar em branco.
Quarta-feira a irmã de uma amiga morre com um tiro na cabeça numa tentativa de assalto em Fortaleza. Um dos envolvidos tem apenas 11 anos de idade, a idade de muitos dos filhos de vocês.
Como é difícil aceitar isso... a morte e uma criança envolvida.
Cada dia que passa vejo que fizemos a escolha certa de vir para o Canada, teremos a chance de criar nosso filho sem ser dentro de uma bolha ou de grades enormes, sem falar no medo dele não voltar um dia. Peço a Deus todos os dias para que ele cuide da nossa família e amigos que ficaram, que infelizmente não pudemos trazer junto.

Mirela que Deus te ajude a superar essa perda.

Um beijo da família Moreira

quarta-feira, 10 de março de 2010

Gastronomias ( Parte II )

Se alguém for sair para comer comida Coreana, faça o favor de não me chamar.

Obrigado.

Médica de família

Oi gente,

estamos recebendo alguns e-mails pedindo nome e telefone da nossa médica de família aqui em Calgary. Atendendo a pedidos...
O nome dela é Dr. Feroza Rajan e seu telefone para marcar é (403)239.3660.

Enjoy

bjim

domingo, 7 de março de 2010

Glenmore Park

Um dos dias mais bacanas que tivemos.
Inverno começa a querer ir embora.
14 graus, lindo dia de sol.
Amigos, churrasco e brincadeiras.

Se quiser ver as fotos grandes é só clicar.


sexta-feira, 5 de março de 2010

Qualidade de vida - tempo para a família

Nesse período desde que imigrei para o Canadá posso enumerar um monte de melhorias no quesito qualidade de vida.

Mas, nada supera o fato de que hoje tenho muito mais tempo para dedicar a minha família.
A Lidy sempre entendeu muito bem o fato de que eu precisava ficar ausente normalmente 12 horas ( 10 horas no trabalho e 2 horas de almoço que não dava para ir pra casa ). Muito comum ter que trabalhar aos sábados e algumas vezes domingos.
E sinceramente não vejo isso como culpa da empresa ( até porque eu adorava trabalhar lá ) e nem minha. A cultura brasileira é assim ( pelo menos no que se refere a empresa privada ). Eu já havia me acostumado que era isso mesmo e achava super natural. Moral da história chegava todos os dias por volta de 7:30 ou 8:00 horas em casa e não tinha gás para brincar com meu filho. Pior: nem percebia que isso não estava legal.

Hoje, inserido em uma cultura que claramente dá valor a família, chego em casa muitas vezes antes de 5 horas e bem mais disposto. Consigo agora passar horas de qualidade com minha esposa e me divertir um monte com meu filho.

Antes ele era muito mais apegado à mãe e era até difícil me incluir nas brincadeiras dele. Isso tudo mudou... Hoje somos muito mais amigos e próximos. Hoje eu realmente sou parte ativa da vida do meu filho.

Como diz a propaganda do master card: priceless.

quinta-feira, 4 de março de 2010

Curling... Brasil-il-il

Nas próximas olimpíadas de inverno teremos uma equipe no Curling!




Tá eu sei que a foto já rodou por e-mail e em sites de humor, mas não podia deixar de colocar aqui!

Tem tudo a ver!

segunda-feira, 1 de março de 2010

Cravo e Canela nas áreas - churrasco

Esse fim de semana a família Cravo e Canela chegou por aqui. Devido a compromissos profissionais no Brasil-il-il vão passar apenas 2 meses. Mas, espero que voltem depois para ficar!
Chegaram na sexta depois de 712 horas de um vôo com vários atrasos.

Ainda estão com caras cansadas, mas me parecem bem felizes. O Daniel está batendo um monte de foto duca. Espero ver essas fotos publicadas em algum lugar.

Domingo foi a estréia da churrasqueira nova do Karlson. Pensei que a bicha ia voar, mas ela fez só o churrasco mesmo. As únicas coisas ruins foram a carne e a linguiça apimentada que levei. O resto da galera levou carne boa!

De quebra ainda vimos o Canadá ganhar dos USA na final do Hockey... jogaço... No fim o talento decidiu e o Crosby meteu o gol da vitória.

E depois o Dunga não quer levar o Gaúcho... mas isso é assunto para o outro blog...

Exame Físico - INVICTUS!

Conforme prometido, relato mais completo sobre o médico de família.

Primeiro você faz uma rápida consulta, onde informa ao médico seu histórico e dos seus antepassados. Ela fez algumas perguntas, passou alguns exames ( sangue e urina ), deu umas caixas de anti concepcional para a Lidy ver se dava certo e pediu para marcar um consulta para o exame físico. Essa etapa nós fizemos há mais ou menos 1 mês atrás.

Sábado foi a vez do exame físico. A Lidy foi primeiro. Ela olhou a garganta, deu aquela ouvida no coração e pulmão e fez os exames de muié.
Depois fui eu, ela também olhou minha garganta e ouviu o coração e... e... e... NADA DE DEDADA! Ela disse que só com 50 anos! Mas... como tem sempre um "mas"... Ela disse que o câncer de testículo é tão comum quanto o câncer de seio nas mulhers. Em resumo, ela deu uma bulinada nas minhas bulitas! Segundo ela estava tudo bem, pois estava "soft". Esse comentário me deixou meio depressivo.

No fim das contas estamos bem, apenas precisando repor vitamina D, devido à pouca exposição ao sol isso acontece com frequencia.

Acho que é isso... escapei...ufa... espero não sonhar com a Dra.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Sem/Cem Utilidade?

Já ia fazer um novo post quando percebi que seria o centésimo...
Caramba hein...

Como diria Cazuza: "Cem gramas, sem dramas, pq a gente é assim?"

Não é nada, não é nada, não é nada mesmo.

Olho no gato e outro no peixe

Hoje teremos 2 jogões:
Às 17:30 ( horário de Calgary ) o Canadá enfrenta o fortíssimo time da Rússia. Vale vaga na semi. Vou ver em HD.
Às 17:50 ( horário de Calgary ) o Mengão estréia pela Libertadores no Maracanã. Vou ver numa telinha pequena pelo justin.tv no meu computador.

-----------------------------------

Todos os dias antes de sair de casa, dou uma olhadinha para conferir a temperatura e sensação térmica e decidir que roupas usar. Hoje, despois de sei lá quanto tempo, saí com temperatura positiva! 4 graus! Várias camadas ficaram em casa em cima da cama.

Fui!

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Novidade

Oi gente,

pense numa cearense/canadense feliz !!!!
Minha irmã e talvez meu pai, venham nos visitar em junho. uhuuuuuuuuu !!!!!!
Já estamos atrás de uma casa maior pra caber todo mundo.
Conversando com minha irmã outro dia, ela me confessou que tem medo de não querer voltar pro Brasil, mal sabe ela que a idéia é essa. rsrsrsrsrsrsrsrsrss
Bom passei aqui só pra dizer que estou FELIZ DA VIDA !!!
Ahhhhhh, já ía esquecendo, entreguei minha carteira de motorista ontem, para ser submetida a análise e depois fazer o road test pra tirar a carteira canadense. Seja o que Deus quiser ( e o Mohamed também).

bjos

Quem ganhou?

Os USA podem ter ganho no Hockey, mas quem é melhor?




Que venha a Alemanha hoje!

Médico de Família

Rápida explicação inicial ( se é que algum futuro imigrante ainda não sabe disso )
Aqui no Canadá, existe a figura do médico de família. Funciona da seguinte forma: suponha que o sujeito está com sintomas de inflamação de garganta. Ao invés de ir direto ao especialista ( no caso um Otorrino ) ele deve procurar o médico de família. Se esse médico achar que você precisa de um especialista, ele vai te encaminhar para o outro médico. Se você não tem um médico de família, tem a opção de ir a uma Walk in Clinic ou direto para o Hospital.

Isso dito e isso posto, vamos aos fatos:

Como temos filho pequeno e a Lidy precisa fazer a prevenção de tempos em tempos, achamos legal escolher logo o médico de família. De preferência mulher e com dedo pequeno ( veja o P.S. no fim do post ).
Antes de imigrar, todos os relatos que eu tinha eram sobre as dificuldades de encontrar um médico de família que tivesse vaga para novos pacientes. As estatísticas realmente mostram isso. Porém, na prática não foi nada difícil. Consegui consulta com 3 médicos diferentes, até encontrar uma que a gente gostasse. Não me parecer ser uma Brastemp, mas vamos dar uma chance para a Dra. ( que ainda tem o dedo pequeno. )

Ou seja, apesar de ter feito umas 15 ligações, não levei mais do que 30 minutos para achar uma que estivesse aceitando pacientes.
O que me levou aos seguintes pensamentos:
* Será que o canadense, que trata tão bem os imigrantes, não quer entregar sua saúde para médicos estrangeiros? ( os 3 médicos que me consultei eram de outros países: India, Egito e a terceira não lembro ).
* Talvez as pessoas reclamem pois gostariam de ir a um médico que tenha sido indicado por algum amigo. Exemplo: uns amigos daqui me indicaram uma médica que eles adoram, mas a mulher não estava mais aceitando novos pacientes.

Não sei ao certo.

Bom, fomos a consulta inical e nesse fim de semana temos os exames físicos. Depois passo para contar como foram as consultas, exames e exames laboratoriais.

P.S. Sobre o dedo pequeno: Aqui no Canadá o exame de próstata começa aos 30 anos... Espero que após o fim de semana eu ainda esteja "invicto".

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Jogaço... Go Canada

Jogaço amanhã!

Infelizmente não é meu Megão que perdeu na semi da Taça Guanabara.

Amanhã tem Canada x USA no Hockey. Quem ganhar termina em primeiro no grupo A. VAI SER PORRADA! Rivalidade à mil!

O Canadá amanhã vai parar as 17.30 ( horário de Calgary ) para assitir o jogo.

Meu palpite: 3 a 2 para o Canadá. Acho que o Crosby faz pelo menos 1 amanhã!

GO CANADA!

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

No inverno fica tarde + cedo

Estamos chegando no fim de fevereiro e o inverno começa a ir embora. Os dias já estão mais ou menos 1 hora mais longos, temperatura inferior a -10 já está ficando mais rara e a neve já começa a derreter.

Agora sim posso falar alguma coisa sobre o inverno.

Primeira coisa: duvide se alguém te disser que voltou para o Brasil-il-il por causa do frio. Isso é frescura!
O troço é frio mesmo, mas é perfeitamente contornável.

Nosso primeiro inverno foi tranquilo. Em dezembro deu uma esfriado para valer. Pegamos sensação térmica de -35! Duas semanas de temperatura a -20. Porém, em Janeiro, bateu aqui um Chinook e aliviou a barra de todo mundo!

Dica 1: Aprenda a se vestir em camadas. No auge do inverno quando peguei -35 usava para ir trabalhar: calça e blusa de segunda pele ( ceroulas ), cueca, calça, camisa de botão, suéter, casaco para frio pesado, gorro, luva e cachecol. A medida que foi ficando menos frio, fui dispensando algumas peças e variando o "peso" do casaco e a grossura das luvas.

Dica 2: Conhecer alguém que te ensine a comprar as roupas certas.

Dica 3: Aprenda a usar o cachecol

Dica 4: A cidade tem certas alternativas... Aprenda a usá-las. +15 é uma delas. Consultar o horário do ônibus é uma ótima idéia.

Acho que é isso...

----------------------------------

Como fazia tempo que não postava fotos aí vai... Aos familiares amarrados... se clicar na janela dá para ver as fotos em tamanho maior.

No dia 17 de Fevereiro o tempo fechou. No dia 18 nevou. No dia 19 solzão derreteu a neve das ruas. Fotos dos dias 17 e 19. Vale lembrar que os dias de sol são mais comuns aqui em Calgary. Ah... o sol engana, a temperatura estava 2 graus.

Estou postando, porque antes de vir adorava ver fotos da cidade!



Em Janeiro fomos ao Telus World of Science. Levi se amarrou.